Diário da Serra

TANGARÁ CONTRA A DENGUE – Mutirão de limpeza será realizado no Tarumã e Bela Vista

Fabíola Tormes / Redação DS 19/05/2022 Saúde

Bairros concentram alto índice de infestação do mosquito

Objetivo é eliminar criadouros do mosquito

Mutirão de limpeza será realizado no Tarumã e Bela Vista

A Prefeitura de Tangará da Serra, por meio da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está realizando um grande mutirão de combate à dengue nos bairros Altos Tarumã, Parque Tarumã e Jardim Bela Vista, como parte da campanha Tangará contra a dengue.

O objetivo é eliminar criadouros do mosquito aedes aegypti, iniciando nesses bairros que concentram um alto índice de infestação do mosquito e muitos casos notificados da doença. Para isso, o mutirão está sendo dividido em três etapas, sendo a primeira realizada com a visita dos agentes comunitários, levando orientação aos moradores sobre os perigos das doenças transmitidas pelo mosquito e pedindo para que a comunidade participe do mutirão.

Já a segunda etapa é por conta do morador, que deverá recolher todos os materiais e entulhos e deixá-los em frente às suas casas, para, na última etapa, as equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) e voluntários da Defesa Civil do Município, passarem recolhendo os objetos.

“Nos dias 23 e 24 de maio a Secretaria Municipal de Infraestrutura e voluntários vão passar recolhendo gratuitamente todo o material que estiver descartado na calçada. Aproveite a oportunidade para retirar tudo o que pode reter água da chuva (móveis velhos, latas, garrafas, baldes quebrados e etc)”,
adiantam os responsáveis.
“Os moradores dessa região do Altos do Tarumã, Parque Tarumã e Bela vista tem até domingo para colocar todos os depósitos que acumulam água na frente de suas casas, que na segunda e terça passaremos recolhendo”, reforça o Supervisor de Campo,
Elias Duarte.

Os mutirões serão realizados de maio a outubro deste ano.

“Terminando essa primeira etapa, no mês de junho faremos em outros bairros”,
completa Elias,

pedindo o apoio de toda a população.

(Com informações Programa Primeira Hora – Rádio Serra FM)


Tangará segue em alto risco de infestação para dengue

O Estado de Mato Grosso tem 71 municípios em alto risco de infestação para dengue, entre eles Tangará da Serra.

Conforme dados do Informe Epidemiológico nº 5, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), que considera a Semana Epidemiológica de 1 a 17 (que corresponde ao período do início de janeiro até o final do mês de abril), Mato Grosso registrou 18.458 casos de dengue e seis óbitos em investigação – um em Cuiabá, Nova Mutum, Novo Horizonte do Norte e Nova Xavantina, e dois em Lucas do Rio Verde. Os números deixam o estado em alerta máximo.

Já o município de Tangará da Serra, conforme boletim, registrou até o final de abril 482 casos de dengue, um caso de Zika e nenhum de Chikungunya, todas doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Na Região de Saúde que compreende o Escritório Regional de Saúde Tangará da Serra, os dados também são alarmantes, com:

  • Campo Novo do Parecis no topo de notificações de dengue – 493; 
  • Tangará da Serra, com 482 casos;
  • Barra do Bugres com 129;
  • Sapezal com 120;
  • Nova Marilândia com 40;
  • Porto Estrela com 25;
  • Nova Olímpia com 13;
  • Santo Afonso com 7;
  • Denise com apenas um caso notificado.

Mato Grosso registra ainda 69 casos de Zika e 157 casos de Chikungunya, ambos considerados como risco ‘bom’.



Notícias da editoria