Diário da Serra

R$ 1.470.000,00 – Projeto para compra de tomógrafo é aprovado pela Câmara

Alexandre Rolim / Assessoria 01/12/2021 Saúde

A previsão é de implantação já no início de 2022, no hospital municipal

O investimento será feito com recursos próprios

O prefeito municipal, Vander Masson, comemorou a aprovação pela Câmara Municipal de um projeto de lei de autoria do Executivo, nesta terça-feira, 30, que possibilitará a aquisição de um tomógrafo para atender pacientes de Tangará da Serra por meio do serviço público de saúde, dando agilidade e reduzindo o tempo de espera na liberação de exames.

O Projeto de Lei Ordinária 187/2021 foi aprovado por unanimidade pela Câmara e agora seguirá os trâmites licitatórios e a previsão é de implantação já no início de 2022, no Hospital Municipal Arlete Daysi Cichetti de Brito. O investimento será feito com recursos próprios do Município, totalizando R$ 1.470.000,00.

“É uma necessidade antiga de Tangará da Serra, com esse tomógrafo o Município conseguirá atender de maneira ágil pacientes pediátricos e adultos, que têm que esperar a liberação de exames para fazer os procedimentos”,
destacou o prefeito.
“Minha gratidão aos 14 vereadores que analisaram o projeto, entenderam a sua importância e aprovaram por unanimidade. Esse aparelho irá beneficiar de maneira ímpar a nossa comunidade”,
disse o prefeito Vander.

A secretária de Saúde, Gicelly Zanatta, também comemora a aprovação do projeto. Segundo ela, o tomógrafo é de suma importância para o tratamento de diversos pacientes, seja na urgência ou os eletivos, agilizando o processo. Ela explica que o tomógrafo serve para auxiliar no diagnóstico por imagem de doenças e alterações em diversas partes do corpo.

Por meio desse exame, podem ser identificadas fraturas, tumores, AVC (acidente vascular cerebral), nódulos e outros males.

“O aparelho, que será adquirido pelo Município, irá beneficiar muito nossos munícipes. Será instalado no Hospital Municipal e realizará exames de urgência e também exames eletivos, ampliando o acesso a este exame”,
pontuou.

Notícias da editoria