Diário da Serra

Estradas: Governo pretende lançar este ano concessão do trecho Jangada-Tangará da Serra

Enfoque Business 07/01/2020 Geral

Trecho entre Jangada e Tangará da Serra compreende o trajeto desde o entroncamento da MT-246 com a BR-163, até o encontro da MT-358 com a BR-364, em Itanorte.

Geral

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra-MT) pretende lançar sete novas concessões de rodovias à iniciativa privada em 2020. Entre os trajetos se inclui o trecho de Jangada a Tangará da Serra, de 233 quilômetros. A confirmação é da Secretaria de Estado de Infraestrutura (SINFRA-MT), através do titular da pasta, Marcelo de Oliveira.

 

Os sete trechos que irão para concessão este ano superam 1.300 quilômetros de estradas. Duas concessões já tem lançamento de edital previstos para este mês de janeiro. O trecho entre Jangada e Tangará da Serra compreende o trajeto desde o entroncamento da MT-246 com a BR-163, até o encontro da MT-358 com a BR-364, em Itanorte, no alto da Serra dos Parecis. Os contratos de concessão vigerão por 30 anos.

 

O outro trecho consiste em todo o trajeto da MT-130, que liga Primavera do Leste a Paranatinga, num total de 140,6 km de rodovia. As outras cinco concessões previstas para o próximo ano ainda estão em fase planejamento de estudo de viabilidade e são a MT-220 (Sinop-Tabaporã), a MT-240/326 (Água Boa-Cocalinho), a MT-020 (Paranatinga-Canarana), a MT-010/246 (Cuiabá-Rosário Oeste) e a MT-100 (Barra do Garças-Alto Araguaia).

 

Duas estradas estaduais já foram entregues à iniciativa privada, representando investimentos superiores a R$ 160 milhões. Já a MT-320/MT-208 e a MT-100 foram objeto de leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) em fevereiro de 2018. As duas rodovias estaduais somam 300 km.

 

A MT-320/MT-208 teve contrato de concessão assinado em abril do ano passado, num trecho de 188 km de rodovias que atende a região de Alta Floresta, Carlinda, Nova Canaã do Norte, Colíder e Nova Santa Helena. A empresa vencedora foi o Consórcio Via Brasil, mesmo grupo que detém a concessão do trecho da MT-100, entre os municípios de Alto Araguaia e Alto Taquari, no sul do Estado.

 

Nos contratos de concessão os investimentos incluem, entre outros serviços, a limpeza e recuperação do sistema de drenagem, manutenção e melhorias nos sistemas elétrico e de iluminação, manutenção e correções do pavimento, sinalização da pista e revitalização e organização das passagens da estrada por localidades e áreas urbanas. A instalação de praças de pedágio ocorre após consolidados estes investimentos previstos em contrato.

Notícias da editoria